Presidente Maildson Fonseca demonstra pesar por tragédia no Mocambo

Apresentou Moção de Pesar aos familiares dos irmãos Kauã, Kemilly e Ryan, vítimas de afogamento no Distrito do Mocambo na segunda-feira, 27 de novembro

O Presidente da Câmara Maildson Fonseca (PSDB), na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro, apresentou Moção de Pesar aos familiares dos irmãos Kauã, Kemilly e Ryan, vítimas de afogamento no Distrito do Mocambo na segunda-feira, 27 de novembro. Demonstrou pesar em nome do Poder Legislativo aos pais das crianças e a todos os mocambenses por essa tragédia que abalou a sociedade parintinense.

“Apenas Deus neste momento pode consolar esta família por tão grande tragédia. Isso é lamentável e ninguém gostaria de ter na sua família a perda que essa família teve. Uma criança é a luz de um lar, ela anima um lar, e essa casa hoje estará triste. A felicidade de uma criança faz um adulto feliz. Que Deus console o coração dessa família”, frisou.

O parlamentar também declarou apoio a Chapa 77 dos professores Eliseu Souza e Clodoaldo Pires na eleição para nova diretoria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Para Fonseca, estes professores estão preparados para comandar os trabalhos nesta instituição de ensino superior. A eleição acontecerá no dia 30 de novembro.

“Como professor da UEA eu não fico alheio e nem fico de fora de nenhum pleito. Sempre me decido e participo diretamente de eleições. Estamos na campanha dos professores Eliseu e Clodoaldo, dando todas as forças necessárias, investindo nesta Chapa que acreditamos ser a mais preparada para dar continuidade ao trabalho do professor David Xavier. Nós acreditamos que para dar continuidade a esse trabalho necessitamos eleger, no meu ponto de vista, os professores Eliseu e Clodoaldo. Esses dois têm propostas, ações, dignidade, são íntegros e têm vasto trabalho na educação deste município”, ressaltou Fonseca.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

 

 

Afonso Rocha quer celeridade na construção da Rampa do Porto do Caburi

 

Frisou que a ausência de uma Rampa dificulta diariamente a entrada e retirada de produtos da localidade e as famílias dessa região reclamam dessa situação

 

O vereador Afonso Rocha (PTB) fez um apelo à Prefeitura Municipal de Parintins para dar celeridade na construção da Rampa do Porto do Caburi. Frisou que a ausência de uma Rampa dificulta diariamente a entrada e retirada de produtos da localidade e as famílias dessa região reclamam dessa situação. A manifestação ocorreu na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro.

Também convidou a população parintinense a prestigiar o encerramento do Campeonato Caburiense de Futebol no dia 02 de dezembro, com partida final entre os times Juvenil Esporte Clube e Atlético Caburi. Bem como informou que no dia 02 de dezembro o Distrito inicia o Campeonato de Futsal, tendo como patrocinadora oficial a Prefeitura Municipal de Parintins.

O vereador Afonso Rocha ressaltou a importância do fomento e incentivo a prática esportiva. Frisou que é fundamental proporcionar à comunidade momentos de lazer, desporto e entretenimento.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

Beto Farias apresenta três Requerimentos para beneficiar a população parintinense

 

O segundo requer ajuda para o fomento do Festival de Pastorinhas de Parintins, no valor de 50 mil reais. As proposituras foram aprovadas por unanimidade e indicadas ao deputado estadual Cabo Maciel

 

Na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro, o vereador Beto Farias (PODEMOS) apresentou três Requerimentos para beneficiar a população parintinense. O primeiro solicita emenda parlamentar no montante de 100 mil reais para a organização do evento da Marcha Para Jesus no município de Parintins, promovida pelaAssociação de Pastores e Líderes Evangélicos de Parintins.

O segundo requer ajuda para o fomento do Festival de Pastorinhas de Parintins, no valor de 50 mil reais. As proposituras foram aprovadas por unanimidade e indicadas ao deputado estadual Cabo Maciel (PR).

O terceiro Requerimento apresentado e aprovado pede emenda parlamentar do deputado estadual David Almeida (PSD) para a construção de uma quadra sintética no bairro Santa Clara, no montante de 500 mil reais.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

Cabo Linhares pede melhorias no sistema de iluminação pública da Rua Raimundo Bentes de Jesus

 

Bem como apresentou uma Indicação ao Governo do Estado do Amazonas, por meio da SEDUC, para executar o recuo do muro da Escola Estadual Ministro Waldemar Pedrosa

 

O vereador Cabo Linhares (PEN), na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro, apresentou um Requerimento no sentido de solicitar da Prefeitura Municipal de Parintins melhorias no sistema de iluminação pública da Rua Raimundo Bentes de Jesus, no Bairro Santa Rita. Bem como apresentou uma Indicação ao Governo do Estado do Amazonas, por meio da SEDUC, para executar o recuo do muro da Escola Estadual Ministro Waldemar Pedrosa, cuja finalidade é a construção de um estacionamento para bicicletas e veículos de alunos e funcionários da escola.

O segundo Requerimento apresentado por Linhares corresponde o pedido de emenda parlamentar para a construção de uma quadra poliesportiva na Escola Municipal São Francisco de Assis, no Bairro São José. A propositura foi indicada ao deputado estadual Cabo Maciel (PR). “O valor da emenda é quinhentos mil reais para a execução desse serviço que visa melhorar o desenvolvimento dos alunos com atividades físicas que serão realizadas nessa quadra que poderá também servir de lazer, tanto para os alunos como para os moradores do bairro”, explicou.

O parlamentar também parabenizou o Tenente Coronel Fábio Pacheco pelos relevantes serviços prestados na área da segurança pública no Estado do Amazonas, principalmente em Parintins. Informou que no município de Nova Olinda do Norte será instalado um Colégio Militar, por iniciativa do Tenente Coronel Pacheco. Dessa forma, o vereador Cabo Linhares destacou o convite feito pelo Secretário de Estado de Segurança Pública, Bosco Saraiva, ao Tenente Coronel Pacheco para assumir a Coordenação de Planejamento de Gestão Integrada de Segurança Pública da SSP-AM.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

 

Marcos da Luz repudia suspensão de audiência pública sobre habitação em Parintins

 

De acordo com ele, nenhuma das autoridades interessadas no assunto manifestou presença na discussão

 

O vereador Marcos da Luz (PRB) repudiou a suspensão da audiência pública que trataria do sistema habitacional no município de Parintins. De acordo com ele, nenhuma das autoridades interessadas no assunto manifestou presença na discussão. Marcos da Luz falou que continuará na defesa das famílias parintinenses que necessitam de moradia e que estão sendo prejudicadas pela falta de interesse público. A manifestação ocorreu na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro.

“Quero demonstrar minha indignação pelo descaso que está ocorrendo no município de Parintins pelas autoridades que estão dentro do processo da habitação. Verificaríamos todas as situações do Residencial Parintins e demais problemas da habitação para se discutir toda questão habitacional e todos os projetos que estão em execução dentro do município, excepcionalmente as irregularidades que atinge o Residencial”, disse.

Para Marcos, o município de Parintins precisa de um sistema municipal de habitação aos moldes do que está preconizado pelo sistema nacional de habitação de interesse social. Necessita de política pública fundamentada na Constituição Federal e demais Leis correlatas.

“Esta Casa Legislativa discutiu, levantou e aprovou uma audiência pública. Convites foram enviados a todas as autoridades e responsáveis pela questão da habitação, como Caixa Econômica Federal, Ministério das Cidades, Empresa NV Construtora, Conselho Municipal de Saúde e Habitação, Procuradoria do Município. Todos foram convidados para essa audiência de um assunto que envolve uma demanda de 12 mil unidades familiares. Mas, todos não atenderam o convite desta Casa”, repudiou Marcos.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

Renei Serrão lamenta falecimento trágico de três crianças no Distrito do Mocambo

 

Também apresentou uma Indicação ao deputado estadual Cabo Maciel (PR) no sentido de solicitar emenda parlamentar no montante de 150 mil reais para fomentar ajuda na realização do Festival Folclórico do Mocambo do Arari 2018

 

O vereador Renei Mocambo (PR) apresentou uma Indicação ao deputado estadual Cabo Maciel (PR) no sentido de solicitar emenda parlamentar no montante de 150 mil reais para fomentar ajuda na realização do Festival Folclórico do Mocambo do Arari 2018. Segundo Renei, a finalidade é incentivar emprego e renda na região. A manifestação ocorreu na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro.

O parlamentar também lamentou o falecimento trágico de três irmãos menores de idade no Distrito do Mocambo, os quais foram vítimas de afogamento. Renei demonstrou pesar aos familiares das crianças, principalmente aos pais. “Eram cinco crianças que desceram as águas dos rios e delas três crianças perderam a vida. Nós acompanhamos ali o desespero dos familiares e o quanto estava difícil a mãe e o pai dessas crianças olharem para a mesa e ver seus filhos mortos. Então, fica aqui o nosso sentimento de pesar pelo que aconteceu”, afirmou.

Na oportunidade, o vereador Renei Serrão disse que verificará in loco informações de que madeireiros de outros Estados estão invadindo terras de produtores rurais no município de Parintins. Segundo denúncias, na região do Paurá chegou uma empresa alegando ter projeto para retirada de madeira. Assim, Renei disse que dialogará com o Prefeito Bi Garcia (PSDB) para informar o Governo do Estado do Amazonas se este projeto, assim como outros atos de madeireiros, são legalizados pelo IBAMA.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

Telo Pinto lastima paralisação da obra das casas populares do Residencial Parintins

 

Falou da seriedade da Caixa Econômica Federal e pediu para que a agência possa criar mecanismos para outra empresa finalizar a obra e entregá-la para as famílias carentes do município de Parintins

 

Em pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro, o vereador Telo Pinto (PSDB) teceu duras críticas a gestão municipal passada por não cumprir seu papel na conclusão das casas populares do Residencial Parintins. Falou da seriedade da Caixa Econômica Federal e pediu para que a agência possa criar mecanismos para outra empresa finalizar a obra e entregá-la para as famílias carentes do município de Parintins contempladas com as moradias.

“Ouvi comentários de que a Câmara seria culpada de não terem feito a entrega do Residencial Parintins. Isso é um absurdo. Quer dizer que tudo o que acontece em Parintins é culpa da Câmara? Pasmem, não temos nada a ver com isso, pois nosso papel é cobrar que se faça e entreguem a obra. A Caixa Econômica repassou e a empresa recebeu os recursos para a conclusão da obra, porém nada estava sendo feito. Automaticamente a Caixa não pagou mais, pois o serviço não estava sendo executado. Vamos respeitar o Poder Legislativo”, afirmou.

De acordo com Telo Pinto, a empresa responsável pela construção das casas populares do Residencial Parintins está sob investigação da Caixa Econômica Federal. Isso porque a respectiva empresa está sem recurso nenhum para prosseguir e concluir a obra.

“O certo é que as pessoas sorteadas vão receber os seus imóveis. Mas, infelizmente a empresa que estava fazendo a obra fez essa graça, essa irresponsabilidade de não concluir e ainda cobrar da Caixa pelo que não fez”, falou Telo.

 

 

Texto: Mayara Carneiro

Assessoria de Comunicação da Câmara de Parintins

 

Tião Teixeira faz balanço de visita a comunidades isoladas do Uaicurapá

 

Vereador manifestou solidariedade à família do Distrito do Mocambo do Arari abalada pela morte de três crianças, vítimas de afogamento

 

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Parintins nesta terça-feira, 28 de novembro, o vereador Tião Teixeira (PTB) prestou solidariedade aos familiares das três crianças, vítimas de afogamento, no lago do Distrito do Mocambo do Arari. O parlamentar lamentou a tragédia ocorrida na segunda-feira, 27 de novembro, e manifestou pesar à mãe das crianças, Giovanna de Oliveira dos Anjos, que se mudou com os filhos há dois meses para trabalhar na fabricação de panelas de barro no Mocambo do Arari.

Após se solidarizar com o Mocambo do Arari, Tião Teixeira ressaltou o resultado da viagem ao Rio Uaicurapá, na qual acompanhou, por dois dias, ação conjunta da Defesa Civil, Vigilância em Saúde e Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth). O vereador constatou o isolamento de comunidades rurais nos rios Jacú e Jará, calha do Uaicurapá, onde centenas de famílias enfrentam dificuldades extremas em relação à água potável. O parlamentar informou que a viagem até essa região dura até 7 horas de barco.

Tião Teixeira destacou que o problema da água nas comunidades rurais isoladas pela forte estiagem pode ser resolvido com a implantação do projeto de poço artesiano movido a energia solar do Governo do Amazonas, inaugurado recentemente pelo secretário de Casa Civil, Sidney Leite, na área indígena Sateré-Mawé, em Maués. Durante a viagem ao Uaicurapá, o vereador também visitou produtores de guaraná, em período de início da colheita dos frutos, e frisou a necessidade de incentivos aos agricultores para fomentar essa cultura.

O vereador apresentou ainda requerimento à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) para a reposição de luminárias no quadro da comunidade São José do Laguinho, em atenção ao pedido de lideranças. A propositura teve aprovação unânime dos vereadores. Ao final, Tião Teixeira explicou que os vereadores tem uma pequena quantia de combustível para percorrer a zona rural de Parintins e lamentou notícias levianas contra os parlamentares.

“Servimos de chacota muitas vezes, mas tudo que se tem feito aqui é trabalhar e fazer o melhor pela comunidade. Fico indignado com os questionamentos nas ruas sobre o que fazemos. Respondo que trabalhamos e somos sensíveis à realidade do povo. Tudo ao nosso alcance procuramos apresentar soluções. Temos compromisso com a coisa pública e tratamos com seriedade as demandas da população. Ando de cabeça erguida, seja na cidade ou zona rural”, desabafou Tião Teixeira.

 

 

Texto: Gerlean Brasil

Assessoria Parlamentar

 

Câmara aprova Moção de Aplausos a presidente do TCE/AM Yara Lins

 

A parlamentar expressou ainda repúdio quanto às perseguições que tem recebido via redes sociais

 

Durante pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira, 28 de novembro, a Câmara aprovou Moção de Aplausos à conselheira Yara Lins, eleita a primeira mulher a presidir o Tribunal de Contas do Amazonas. O defensor público geral Rafael Barbosa também foi homenageado devido à inauguração de uma unidade da Defensoria Pública do Amazonas em Parintins. De autoria da vereadora Vanessa Gonçalves (PROS) as proposituras foram aprovadas por unanimidade. A parlamentar expressou ainda repúdio quanto às perseguições que tem recebido via redes sociais.

Pela primeira vez, em 167 anos, uma mulher é eleita para presidir a Corte de Contas do Amazonas (TCE-AM). Trata-se de Yara Amazônia Lins Rodrigues dos Santos, funcionária pública de carreira que presta serviços ao Tribunal há 42 anos. Dessa forma, a vereadora Vanessa Gonçalves apresentou Moção de Aplausos no sentido de enaltecer a importância dessa nomeação na sociedade amazonense, especialmente por oportunizar a atuação de uma mulher frente à instituição.

O procurador geral Rafael Barbosa também foi homenageado na sessão plenária. A propositura sinaliza a satisfação da parlamentar com a inauguração de uma unidade da Defensoria Pública do Amazonas em Parintins. “Vale ressaltar que é a primeira unidade no interior do estado. Isso é muito importante, pois a Defensoria representa uma forma de garantir os direitos da população”, justificou.

Diante dos ataques virtuais que tem recebido, a vereadora reiterou sua indignação. “Ressalto que estão sendo tomadas as devidas providências, inclusive com o auxílio da Delegacia Especializada em Crimes Cibernéticos. Pretendo levar esse caso até o fim e descobrir quem está por trás de mais uma página fake em Parintins”, disse.

 

 

Texto: Karine Nunes