Parintins no topo do Carnavália e Sambacon, no Rio de Janeiro

Prefeito de Parintins, Bi Garcia, ao lado do presidente da Liesa, Jorge Castanheira e do presidente da Liga de SP, Paulo Sérgio( DIEGO MENDES)

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, voltou a ganhar destaque no Carnavália 2018, a maior feira de empreendedorismo e negócios do Carnaval e no Sambacon, o Encontro Nacional do Samba. O evento acontece desde quinta-feira (26/7) no Centro de Convenções SulAmérica, no Centro, do Rio. O Carnavália-Sambacon são organizados pelas empresas Timbre Comunicações e Ami7.

Na abertura da feira, na noite desta quinta-feira (26/07), o presidente da LIESA, Jorge Castanheira, o presidente das escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sérgio Ferreira e o representante do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, destacaram o empenho do prefeito na organização do Festival Folclórico de Parintins para fomentar a economia do município. Marcelo Alves, presidente da Riotur e secretário de Cultura do Estado do Rio, André Lazaroni, também estavam na mesa de abertura.

“O prefeito de Parintins, Bi Garcia está de parabéns por investir e acreditar que a cultura pode gerar renda e trazer o desenvolvimento”, disse o presidente da Liesa

Bi ressaltou o sucesso do Festival de 2018, com a participação de turistas e do aquecimento da economia na Ilha Tupinambarana. “Foi um sucesso. Um mês antes do Festival todos os ingressos tinham sido vendidos”, disse.

“Estamos aqui porque  queremos promover um Festival que seja importante a nível mundial, assim como é o Carnaval e digo que a gente acredita que, se a situação está difícil, é necessário investir ainda mais para respirar e sair da crise, e não cortar verba”, frisou Bi Garcia.

STAND DE PARINTINS

O stand de Parintins é um dos mais visitados da feira. E mais, são os bois de Parintins que este ano farão o encerramento do Carnavália e Sambacom com a escola de Samba Beija Flor. O Carnavália-Sambacom encerra no sábado (28).

No ano passado, o Carnavália gerou 30 milhões em negócios. Este ano empresas do ramo de ramo da engenharia, reciclagem, design de interiores e beleza, chegam ao evento dando uma nova cara ao nicho de mercado que vem crescendo continuamente.

 

São três dias em que sambistas, carnavalescos, autoridades, empresários, dirigentes e lideranças debatem o futuro do Carnaval.

 

CRIVELLA NÃO ESTEVE NO EVENTO CARIOCA

A ausência do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, no evento foi novamente bastante criticada pelos participantes. Eles faziam uma comparação com o fato de o prefeito de Parintins trazer do Amazonas a sua delegação para o Carnavália e o Rio não ter a dedicação do prefeito carioca em fomentar a cultura.

 

“Precisamos mudar esse pensamento de que investir no carnaval é um gasto extra para os cofres públicos, na realidade, o carnaval é uma das maiores fontes de renda do Rio de Janeiro.  Investimos milhões para termos o retorno de trilhões, além de fazer parte da cultura da cidade”, afirmou o secretário de Cultura do Estado do Rio.

 

No Rio, as escolas de samba tiveram queda no investimento do governo e prefeitura para com a realização do carnaval. Pelo segundo ano consecutivo a Prefeitura leva uma delegação de Parintins com a participação dos bois Garantido e Caprichoso para o evento. O presidente do boi Garantido, Fábio Cardoso e o presidente do boi Caprichoso, Babá Tupinambá, e a secretaria de Cultura e Turismo de Parintins, Karla Viana, e tamb participam da feira.

 

 

www.deamazonia.com.br/