Batalha Naval do Riachuelo é comemorada pela Marinha em Parintins

As comemorações em alusão aos 153 anos da Batalha de Riachuelo foram comemoradas em Parintins, na tarde desta segunda-feira(11) pela Marinha do Brasil no Contemporâneo Festas e Eventos.

Conduzida pelo comandante da agência da Capitania dos Portos de Parintins, Capitão Sá, a cerimônia foi bastante concorrida com a presença de autoridades municipais, civis, militares e soamarinos.

Na cerimônia foi feita a entrega da Medalha do Mérito Militar.

Capitão tenente José Carlos de Sá, externou agradecimentos em nome da Marinha e exaltou todos os heróis da Batalha. ” Aos homens e mulheres os agradecimentos por tão honrosa conquista”, declarou.

O Presidente da Soamar Parintins, Nelson Brelaz, representou os Amigos da Marinha que prestigiaram a cerimônia.

 

História da Batalha Naval de Riachuelo

No dia 11 de junho de 1865 ocorreu, pela manhã, a Batalha Naval do Riachuelo, na foz do Riachuelo, afluente do rio Paraná, próximo a cidade de Corrientes na Argentina.

O evento é considerado uma batalha decisiva na Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), contra o Governo do Paraguai.

Neste episódio, a Esquadra Brasileira, liderada pelo Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva (imagem), travou uma intensa luta contra as forças oponentes. A resistência brasileira foi heroica.

Com a vitoria na batalha, o Brasil assumiu o protagonismo no conflito, bloqueando a navegação adversária e possibilitando aos aliados o acesso aos rios que formavam as principais artérias do teatro de operações de guerra. Riachuelo representou a primeira vitória da Tríplice Aliança no maior conflito armado já ocorrido na América do Sul, sendo até hoje bastante lembrado e comemorado.

 

 

Josene Araujo/Diretora de Comunicação da SOAMAR Parintins

Fotos: Hamilton Duarte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here